Rosana Souza

Rosana Souza
Asas da Liberdade

sábado, 7 de novembro de 2009

MARCAS DE AMOR



Quando o dia amanhecer,
quero um sorriso estampado
como chita colorida,
se abrindo em saia rodada
em dia de folguedo.

Quero teu amor sem medo.
No abraço apertado me esquecer,
de que nada vou promoter
além de amar-te em segredo
Pelas madrugadas azuis,
sob a luz do abajur
o meu rosto iluminado
olhando o teu já cansado
dormindo como um menino.

A nossa cama,
o nosso ninho,
aconchegante calor
Sobre os lençóis de linho
nas dobras amarrotadas
ficarão estampadas
as marcas do nosso amor.

Rosana Souza.

10 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Olá querida RO.

    Sempre que amanheço,
    existo,
    no abraço perfumado
    das manhãs ausentes.
    Pela tarde, entardeço,
    nas janelas da noite,
    anoiteço,
    afasto as cortinas
    e conto as estrelas,
    porque se durmo,
    enlouqueço.

    Lindo poema de amor, com marcas traçadas nas pedras dos teus caminhos.
    Meu beijo e meu carinho
    Um bom Sábado.
    Victor Gil

    ResponderExcluir
  3. Concordo com o Alvaro. Sua alma é poética. Que poesia limpa, brilhante e doce. Parabéns amiga você é demais! Obrigada pela visita,já estava com saudades! bjão e um excelente final de semana

    ResponderExcluir
  4. Olá Rosana, belo sentimento...Espectacular....
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Rosana
    Que maravilhoso poema...um amor tão completo.
    Gostei muitoooo.
    Beijos
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  6. Quanta sesibilidade revela este seu poema.
    seu coração e enorme minha amiga.

    beijo.

    ResponderExcluir
  7. Peguei o presente e coloquei o poema tb,muito obrigada. Adorei!bjs e excelente findi

    ResponderExcluir
  8. Vim atrás do amigo Alvaro fazer uma vénia a tão grande poetiza

    Muitos parabens adorei, parabens também pelo blog está fantastico

    Vou voltar

    ResponderExcluir
  9. Oi Rosana,
    Pelos poemas expressos com certeza com a caneta do coração.Irei seguir seu espaço com grande prazer.
    Carinho Lúcia Amorim

    ResponderExcluir
  10. Amei o par de asas. depois volto e buscarei. Mai uma vez muito obrigada pela sua visita.
    amei te receber lá em casa. Amizade é um dom que ninguém nos tira, após firmar raizes na terra firme.
    Um grande abraço, amiga.
    Sandra

    ResponderExcluir