Rosana Souza

Rosana Souza
Asas da Liberdade

quinta-feira, 15 de julho de 2010

DESEJO CONTIDO



Quero te falar das minhas flores,
das cores que eu necessito,
dos anseios, dos temores,
do que eu quero e não desisto...

Quero te dar o meu abraço.
Beijos que não sejam escondidos,
te falar sem embaraço
dos meus desejos contidos.

Quero sair da solidão,
arrancar-te dos meus sonhos.
Dar ao destino a direção,
pelos traços dos meus versos...

Rosana Souza.
Joinville, 15-07-2010

10 comentários:

  1. Querida RO.
    Lindos, como sempre, os teus versos. Sempre emotivos e singelos.

    Que dizer dos teus desejos,
    contidos,
    secretos,
    sonhados.
    E dos beijos escondidos,
    ausentes,
    distantes,
    pensados.

    Meu beijo e meu carinho.
    Victor Gil

    ResponderExcluir
  2. É mais fácil resistir ao primeiro dos nossos desejos do que a todos os que o seguem ...

    Beijos e bom fds.

    ResponderExcluir
  3. Estive aqui.Adorei seu Blog.Lindo Poema."Quero dar ao destino a direção pelos traços dos meus versos". ....È isto que almejamos nem mais nem menos - despirmos das máscaras que vestimos vida afora. Bjs Eloah

    ResponderExcluir
  4. Lindo como sempre!

    Os teus versos querida amiga são o reflexo desta tua alma pura! azul, violeta...
    Teus versos tem cor...

    muitos beijos, porque o abraço vai ser na Bienal... ;-)

    ResponderExcluir
  5. Minha querida
    Como sempre belos os teus poemas.


    Quero sair da solidão,
    arrancar-te dos meus sonhos.
    Dar ao destino a direção,
    pelos traços dos meus versos...

    Adorei.

    Beijinhos com carinho
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  6. Um poema tão lindo...As vezes a nossa carencia é de oferecer e não só de receber. ter flores e não ter a quem oferecer é triste. Vamos então florindo nosso jardim e juntando mais pra quando aparecer alguém especial que saiba recebê-las.
    Ah quero também convidá-la a participar da blogagem coletiva dia 19/07 no blog Diário de Bordo
    "Auto-estima e o Feminino"
    http://diariosdebordo-2.blogspot.com/2010/07/blogagem-coletiva.html
    Vamos! Montão de bjs e um domingo maravilhoso

    ResponderExcluir
  7. BOA TARDE!!!

    A DISTÂNCIA NOS PERMITE ESTAR SEMPRE JUNTOS NESTA VITRINE VIRTUAL E COMPARTILHAR MOMENTOS MUITO BONS. POR ISSO AGRADEÇO DE CORAÇÃO A SUA PRESENÇA; COMO É BOM TER VC COMO AMIGO VIRTUAL E ESTAR PRESENTE NESTA ESTAÇÃO, CHAMADA BLOGSFERA-INTERNET- BLOGS, NÃO IMPORTAO IMPORTANTE É QUE ESTAMOS AQUI, NESTA SINTONIA, NESTA MAGIA, QUE SEMPRE NOS UNE.
    É UM LAÇO QUE NOS UNEM PELOS BONS SENTIMENTOS.
    FALAR DE AMIZADE É FALAR DAS CONQUISTAS A CADA DIA. GANHAR UM NOVO AMIGO É TER A CERTEZA QUE A VIDA CONTINUA EM SUA PLENITUDE. ULTRAPASSANDO AS FRONTEIRAS SEM LIMITES, SEM MEDOS, SEM PRECONCEITOS. SIMPLESMENTE AMANDO E CONQUISTANDO. NÃO IMPORTA SUA RAÇA COR, CREDO, FÉ. O IMPORTANTE É ESTAR AQUI E DIZER O QUANTO NOS ADMIRAMOS, NOS RESPEITAMOS E AMAMOS. OFEREÇO A VC UM LINDO E BELO SELINHO DA NOSSA AMIZADE CONQUISTADA. CURIOSA AMA VC. POR ISSO UM SELO EU TE AMO, PARA SELAR AINDA MAIS AS NOSSAS FRONTEIRAS, A NOSSA AMIZADE.
    CARINHOSAMENTE,
    SANDRA

    CURIOSA!
    AGRADECE IMENSAMENTE A SUA AMIZADE E ASSIM COMO MEUS DEMAIS BLOGS.
    OBRIGADA PELA SUA CONFIANÇA E RESPEITO. ADMIRO MUITO VOCÊ!!!!

    VENHA SEMPRE, ESTAREI SEMPRE TE ESPERANDO.

    ResponderExcluir
  8. Un poema donde se denota generosidad de tu espíritu.Es una comunicación escrita desde tu alma a la vida, a través de metáforas poéticas muy bien elaboras que hace que el poema sea exacto en cada una de sus palabras. Felicitaciones mi querida amiga Rosana.
    Con mi afecto Víctor Manuel

    ResponderExcluir
  9. Minha poetinha, também quero sair da solidão e dar ao meu destino a direção...a direção do amor, do carinho, do companheirismo, do afeto...meus desejos contidos não sei mais onde guardar...enquanto isso, busco forças em Deus, e nos cantinhos azuis, onde sou bem recebido, onde sinto-me aconchegado e aquecido (faz muito frio aqui). Agora, alimentado de poesia, seguirei mais feliz até...
    ps. Grande abraço

    ResponderExcluir
  10. Um poema de quereres,
    cheio de flores e vontades.

    ResponderExcluir